Você quer bons funcionários? Então dê adeus à cultura do “Chef que grita”!



Antes de falar sobre os funcionários, vamos analisar alguns aspectos sobre o comportamento do Chef.
Sabemos que, quando o Chef tem uma liderança fraca ou não foram treinados o suficiente, eles acabam causando muitas trocas de funcionários na empresa e isso afeta a economia do país e custa milhões por ano.
Uma gestão fraca e sem insentivo, aumenta situações de doença e os funcionários faltam mais ao trabalho. Consequentemente, o número de demissões aumenta. Essa situação se repete diariamente nos diferentes ramos da gastronomia. 
 
Dê adeus à cultura do “Chef que grita”!

Certamente existem bons
Chefs, mas também existem aqueles que assustam seus funcionários com um comportamento agressivo e irracional. Ao invés da comunicação “olho no olho”, tudo é controlado, rastreado e fundamentado em muita desconfiança. Isso pode ser necessário em alguns casos, mas não deveria ser usado como um estilo de liderança. Monitoramento contínuo (através de câmeras ou outros meios) causa desconforto e leva à falta de motivação.

Como os funcionários podem ser encorajados a apresentar
um melhor desempenho?

Aqui estão algumas sugestões:

  • Bons salários são importantes, mas a confiança na integridade da empresa em cuidar do funcionário também é.
  • Tomar decisões justas - os patrões devem ver os funcionários como indivíduos iguais, envolvê-los o máximo possível nos processos de tomada de decisão e justificar ordens e decisões. Isso pode não ser sempre apropriado, depende do tipo de empregado, enquanto um funcionário precisa de mais espaço para executar tarefas e melhorar o desempenho, outro depende de orientação, conselho e liderança e mesmo em se tratando desses funcionários, a cultura do “comando” acabou. Os "bons Chefs" ajudam seus funcionários a descobrir e desenvolver seu potencial e usar seus talentos. Portanto, os executivos devem se certificar de que o empregado está no lugar certo. Parte disso é fornecer aos funcionários educação continuada e ajudá-los com o desenvolvimento profissional e pessoal.

Nos dias de hoje, tornou-se muito difícil recrutar bons funcionários, que sejam motivados e acima de tudo treinados. Alguns até dizem que é mais difícil conseguir bons funcionários do que novos clientes. A gastronomia dificilmente encontra empregados qualificados e não oferece perspectiva de carreira aos funcionários.

O QUE PODEMOS FAZER PARA MUDAR ISSO?

Mostrar possibilidades

A perspectiva não significa refeições gratuitas e vale transporte. Perspectiva significa dar aos funcionários a oportunidade de construir um futuro pessoal e profissional em seus negócios. Treine seus funcionários com uma educação adicional e permita que eles adquiram novos conhecimentos, dando a eles a possibilidade de expandir sua área de responsabilidade. Isso também funciona para empresas com menos de 10 funcionários. Se você não deseja fazer tudo isso porque está com medo que seu funcionário só queira adquirir conhecimento em sua empresa e então sair para outro emprego ou abrir seu próprio negócio, então só posso dizer uma coisa a você: se você não fizer isso, ele procurará um novo trabalho muito mais cedo. Empregados que são respeitados e têm perspectiva permanecerão fiéis à empresa, ​​mesmo em tempos difíceis.

O sucesso vem através de funcionários bem sucedidos

Os problemas não começam com os clientes. Eles começam com você e seus funcionários. Se os clientes esperam uma experiência de primeira classe e recebem um de segunda classe, você perderá esses clientes para sempre. Mas, para dar a seus clientes uma experiência de alta qualidade, você precisa de funcionários de alta qualidade, caso contrário você terá que se contentar com clientes de terceira categoria, serviço de terceira categoria e sucesso de terceira categoria.

O que você pode fazer?

1. Dê feedback aos funcionários (avaliação)

Muitas empresas dão um feedback de 6 em 6 meses aos seus funcionários (muitas vezes nem isso). Como o funcionário pode saber o que está fazendo de certo ou de errado quando ele só recebe um feedback sobre o seu trabalho, a cada seis meses? Você sabia que 50% de todos os funcionários altamente motivados recebem comentários do chefe (conversa olho no olho e avaliação do trabalho) pelo menos uma vez por semana?

2. Seus funcionários conhecem a missão da empresa?

Sua cultura corporativa precisa de transparência e comunicação. Como você deve ajudar os funcionários a atingir seus objetivos se eles nem os conhecem?

3. Ouça seus funcionários

Seus funcionários estão na vanguarda e verão coisas que você não vê. Isso fará de seus funcionários valiosas fontes de informações que podem ajudá-lo a ter sucesso. Peça que eles dêem ideias e opiniões. Certifique-se de ouvi-los e entender o que eles têm para lhe dizer.

4. Comemore sucessos

Há poucas coisas que motivam mais um empregado do que uma pequena nota do chefe agradecendo pelos pequenos sucessos. Se seus funcionários têm valor para você (e eles devem ter), certifique-se que eles sabem disso (é de graça).

5. Projete a imagem de uma “empresa do bem”

Certifique-se de que, potenciais novos funcionários saibam que você é um bom empregador. Use plataformas específicas da gastronomia. Construa a imagem de uma empresa bem sucedida em que todo mundo gostaria de trabalhar.

Exemplo de uma ficha "avaliação dos funcionários"



Comentários

Postagens mais visitadas